Eu, você e o amor

cursos casa do saberSe você acompanha o blog há algum tempo, sabe que eu sou fã dos cursos da Casa do Saber! Já mandei até email perguntando pra eles se eles não querem disponibilizar as aulas em vídeo para download – coisa que o curso de Cabala que eu fiz oferecia e era sensacional.

Bem, a programação nova está recheada de cursos interessantes, entre eles, selecionei os quatro que achei mais interessantes:

A Arte da Sedução

Nos negócios e no cotidiano com Heni Ozi Cukier unidade Jardins/Mario Ferraz

O curso apresenta uma teoria sobre a arte da sedução, trazendo conhecimentos práticos sobre os arquétipos sedutores, persuasão, construção da história ideal e potencialização do carisma. Embora pareça um assunto de caráter predominantemente romântico, a arte da sedução faz parte do jogo político, do mundo dos negócios e do cotidiano: o poder de atração é uma das ferramentas de poder mais antigas e eficazes, pois demanda menos esforço por parte do sedutor e nenhuma resistência do seduzido. O curso mostra que, para dominar o poder da sedução, não é preciso mudar a personalidade ou melhorar a aparência física, mas sim saber envolver num discurso através de operações estratégicas e táticas apoiadas no domínio da retórica.

Por que o Amor Dói

Muitas pessoas que experimentam relacionamentos íntimos nos tempos atuais são expostas a situações de sofrimento, que surgem em diversas formas. Amar alguém que não corresponde, ter o coração partido quando ocorre o abandono, buscas infrutíferas pelo par adequado, a volta solitária ao lar depois de bares e festas. Além disso, há o tédio de relacionamentos que não correspondem às expectativas. Num mundo pleno de escolhas, a responsabilidade pelo sentimento de frustração está, em geral, colocada no indivíduo, nos problemas ou insuficiências de seu desenvolvimento psíquico Ou estaria ela condicionada por um cenário sociocultural maior, com a emergência de novas possibilidades de escolha e autonomia individual? Com base no livro Why love hurts, da socióloga britânica Eva Illouz, que vem tendo grande repercussão em todo o mundo, este curso trata do sentido de valor que os relacionamentos têm ou não têm hoje e nas possibilidades de gestão satisfatória do desejo, dentro desse novo ambiente, com suas opções e riscos.

Afinal, o Que Querem as Mulheres?

Valores, desejos e comportamento da mulher contemporânea com Ana Paula PadrãoCarolina Roxo Nobre BarreiraFernando LunaRegina Navarro Lins e Sara Winter unidade Jardins/Mario Ferraz

Há muito tempo busca-se compreender o que está por trás das escolhas e desejos das mulheres. Essa discussão ganhou maior corpo e relevância nos últimos anos, com as crescentes conquistas femininas. A mulher de hoje é mais poderosa, independente e ciente de sua força e de seus direitos, ao mesmo tempo em que é repleta de angústias, frustrações e desejos que muitas vezes não se encaixam nos padrões sociais. O curso traz reflexões e experiências sobre as principais questões enfrentadas pela mulher, com o intuito de trazer um olhar mais profundo sobre os valores, comportamento e desejos que povoam o universo do feminino no Brasil.

A Equação do Casamento – O Que Pode, ou Não, Ser Mudado na Sua Relação

Lançamento e sessão de autógrafos com Luiz Alberto Hanns unidade Jardins/Mario Ferraz

Casa do Saber, a Companhia das Letras e a livraria Martins Fontes convidam para palestra de lançamento com Luiz Alberto Hanns, com sessão de autógrafos de A Equação do Casamento – O que pode (ou não) ser mudado na sua relação (Paralela, 2013). Na obra, o autor mostra que o atual projeto de felicidade no casamento contém metas conflitantes que precisam ser ajustadas e que a maioria de nós não foi preparada para as novas condições de convívio a dois. Muitos acham que com amor e bom senso equacionarão todas divergências, mas o número crescente de divórcios e insatisfação matrimonial e a dificuldade dos solteiros em achar um companheiro são testemunhos da dificuldade de alinhar tantas expectativas. É disto que trata A equação do casamento: dos ajustes de desejos que cada um tem de fazer consigo – e também com seu companheiro. A equação apresenta seis dimensões que as pesquisas mostram ser cruciais para que marido e mulher permaneçam juntos e tenham satisfação em fazê-lo, permitindo discutir o casamento contemporâneo e o que pode (ou não) ser mudado numa relação e alguns modos de tentá-lo.

Ah, se eu morasse em São Paulo…

Anúncios

2 Respostas para “Eu, você e o amor

  1. Opá! Vou entrar na fila do: Por que o Amor Dói?
    Tá complicado o meu caso minha cara Sil! rs
    Realmente no centre temos aulas online que é muito bom. Hoje em dia, com a globalização, alguns cursos deveriam ser online, para baixar no iPad ou Tablet e fazer no trajeto do trabalho ou em uma hora vaga. Não é!?

    Mudando de assunto, o fim de semana esta quase chegando! Uhuuuu…
    Tenho novidades no blog. A #1 falo sobre conectividade e a #2 como estamos chegando em mais uma data comemorativa, é um post “vintage” sobre o que não se deve dar de presente! rs
    Segue o link do post: http://migre.me/fHn0t
    E do #Blog: http://andrehotter.wordpress.com
    ;) hUg! ★ André Hottër

    • Oi André, pois é! Fogo esse pessoal que ainda não captou que hoje em dia presença física não é mais tão essencial pra muita coisa!!! O negócio é torcer pra eles lançarem logo… rsrsrs!
      Opa, vou passar lá pra conferir!
      Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Histórico

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber novos posts por email.

%d blogueiros gostam disto: